#UnfollowESPNdia31

norton.
A short summary, in English, of the full text in Portuguese:

Dear Palmeiras supporter,

All of us are tired of how Palmeiras are being treated by mainstream media, and the situation has escalated with the team’s growing success. Although the syndrome is found in almost all TV channels, ESPN in particular has turned the bashing of Palmeiras into a form of art. On social media, this has led to escalating verbal assaults between Palmeiras supporters and sports journalists, reaching a point where they now take over the agenda. 

In light of the above, a selected group of the independent Mídia Palestrina proposes a solution: a clean break.

Initiating with aforementioned ESPN – more specifically their twitter account @ESPNagora – we propose an end to discussions, verbal assaults, following on social media, RTs and the generally providing of audience. We propose an #UnfollowEspnDia31, a date to not only unfollow ESPN but also to generally clean your timeline from all those accounts frequently getting on your nerves by disrespecting Palmeiras in one way or the other.

31 October. The day of #UnfollowEspnDia31.

— ooo —

Caro torcedor palmeirense,

Nosso Verdão segue liderando o Brasileirão e mais um ano caminha para um final verde. Cuca vem impondo uma regularidade ao time que nos enche de orgulho e confiança.

Apesar disso, grande parte da mídia esportiva teima em se referir a nosso time de forma parcial, depreciativa. Exigem futebol “bonito”, olham com desdém para nossa campanha cujos números são incontestáveis e usam seus teclados e microfones para emitir opiniões muitas vezes carregadas de rancor ou simplesmente clubismo.

Nenhuma emissora escapa. Em todas, há pelo menos um profissional que parece ter como missão principal espezinhar o Palmeiras, muitas vezes embasado em fatos distorcidos que levam a conclusões ruins, falácias que manipulam a opinião pública.

Um canal em particular que se especializou nisso: a ESPN. Apesar de manter em seus quadros bons jornalistas, como em toda emissora, em geral o tom das discussões quando o assunto é o Palmeiras é de ranço extremo com o clube, com os dirigentes, com o treinador e com a torcida. Um jornalista em particular personifica esse mau jornalismo neste ano de disputa entre Palmeiras e Flamengo: Mauro Cezar Pereira, cujo amor pelo time carioca não permite que faça análises equilibradas e isentas como a profissão exige, principalmente num canal de tanto alcance.

A internet abriu a possibilidade de tornar o que era uma via de mão única, em uma via de duas mãos. Em tempos de Twitter, Instagram e Facebook, é normal que a torcida em geral se revolte com esse tipo de atitudes antiprofissionais e que use as redes sociais para demonstrar essa indignação. As mensagens poderiam ser bem mais amenas se o tratamento dado ao Palmeiras fosse mais digno.

O palmeirense tem a seu dispor uma mídia alternativa, clubista e parcial, que sempre vai tratar os assuntos que envolvem nosso time com paixão, mas com muita honestidade. Os palmeirenses que consomem o conteúdo dos sites palmeirenses podem até não concordar com as opiniões, mas jamais se sentirão desrespeitados.

Não cabe ao torcedor ofender nenhum jornalista através das redes sociais. Entendemos que o caminho desse tipo de interação, utilizando a linguagem das arquibancadas, em vez de levar a uma reflexão e a ajustes na conduta, só gera desgaste, para todos.

Por isso, em mais uma iniciativa inédita, os sites palmeirenses independentes promovem uma alternativa melhor: o rompimento.

A emissora escolhida para simbolizar esse rompimento com a mídia opinativa é a ESPN, por tudo o que foi citado. Na segunda-feira, dia 31 de outubro, para simbolizar esse rompimento, vamos todos fazer um unfollowzaço no Twitter da emissora (@ESPNagora). Vamos deixar de ler, retuitar e compartilhar suas publicações, ou mesmo de comentá-las. E como consequência, deixar de assisti-los. Se querem fazer jornalismo desta forma, simplesmente não interessa ao torcedor palmeirense. Nossa resposta não será pelo confronto. Vamos apenas riscá-los de nossas vidas.

A torcida do Palmeiras, representada pelos sites abaixo, espera que desta forma a tensão entre palmeirenses e parte da imprensa diminua ou, quem sabe, chegue ao fim. Ninguém mais aguenta esse ambiente destrutivo. Como em qualquer relacionamento que não dá certo, em vez de confronto, o rompimento é a melhor saída. A torcida palestrina já tem a mídia palmeirense. Ninguém precisa da ESPN. E que sirva para outros canais também. O #UnfollowEspnDia31 pode ser estendido a qualquer jornalista ou emissora que você olha atravessado em suas redes sociais, mas que, sabe-se lá por que, você ainda mantém em sua rede. Não se desgaste mais, não passe raiva. Faça uma faxina em sua TL. Dê preferência sempre a quem trata o Palmeiras com respeito.

Dia 31 de outubro, dia do #UnfollowEspnDia31.

Anything Palmeiras
Blog da Clorofila
Blog do Maluquinho
Clube Mondo Verde
Famiglia Palestra
Palmeiras Online
PTD – Palmeiras Todo Dia
Verdazzo
Web Radio Verdão

Apoio
@DNAlviverde
@edersep
@Palmeirenses_
@PdePalmeiras
@SEPnews2
@TorcidaQueCanta

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s